Guia para recuperar dados de um disco rígido danificado

recuperar dados de um disco rígido danificado

Os discos rígidos são um dos componentes mais importantes de qualquer dispositivo eletrônico. Eles armazenam todas as nossas informações: arquivos, fotos, vídeos, jogos, etc. Sejam internos ou externos, confiamos nos discos rígidos para não perder todos esses dados digitais. Mas, o que acontece quando aquilo que deveria proteger a informação de nossos equipamentos deixa de funcionar?

Ao longo dos próximos parágrafos, vamos dizer como recuperar dados de um disco rígido danificado. Além disso, forneceremos algumas dicas e recomendações para evitar danos e perdas futuras.

Por que meu disco rígido quebrou?

O primeiro passo é avaliar o estado do disco e determinar que tipo de dano ele sofreu. Se for um impacto de queda, dano por água ou outro líquido/substância, recomendamos a assistência de um profissional que possa reparar ou limpar o disco adequadamente. Caso o dano seja de outra natureza (geralmente de software), existem algumas alternativas que podem ser testadas antes de recorrer à ajuda de um especialista.

Por que meu disco rígido quebrou

Recuperar um disco rígido danificado é um processo delicado. Recomendamos que você investigue cuidadosamente o problema para poder traçar um "plano de ação" adequado. Não se esqueça de consultar o manual de uso do disco externo ou do dispositivo. Pode ser que você encontre alguma dica ou informação relevante para reparar o disco rígido.

Programas de recuperação de dados

Existem vários programas para recuperação de dados perdidos, tanto gratuitos quanto pagos. Se deve considerar que nenhum programa pode garantir a recuperação absoluta dos dados. Isso dependerá tanto do software quanto do estado do disco rígido em si. A seguir, uma lista com alguns desses programas e suas características:

  • Disk Drill Data Recovery: compatível com Windows e Mac, possui uma opção gratuita e outra paga. Um dos programas mais reconhecidos na recuperação de dados. Além de recuperar arquivos excluídos, mantém cópias dos arquivos que estão na lixeira ou foram excluídos.
  • Recuva: compatível com Windows, gratuito. Não há limite para a quantidade de dados que podem ser recuperados.
  • EaseUS Data Recovery Wizard: compatível com Windows e Mac, possui uma opção gratuita e outra paga. Conhecido por ter uma interface amigável e fácil de navegar. A versão gratuita tem um limite de recuperação de 500 MB.
  • Stellar Data Recovery: compatível com Windows e Mac, gratuito. Além de recuperar arquivos excluídos ou de unidades danificadas, pode recuperar dados de discos rígidos 4K.
  • Minitool Power Data Recovery: compatível com Windows, possui uma versão gratuita e várias versões pagas. Tem uma interface simples e intuitiva para o usuário. Também possui um limite de recuperação gratuita de 1 GB.
  • TestDisk: compatível com Windows e Mac, gratuito. Menos recomendado para o usuário comum, pois usar esse programa sem conhecimentos avançados em computação pode causar danos maiores. Serve apenas para recuperar partições (ou seja, subunidades de informações dentro da unidade de armazenamento) e restaurar discos de inicialização.

Prevenir perdas e danos futuros

O mais eficaz para evitar a perda de dados é prevenir danos futuros ao disco. Embora seja possível recuperá-lo, sempre será melhor ter um disco rígido em condições ótimas do que um disco rígido danificado e reparado.

Prevenir perdas e danos futuros

Todo dispositivo tem uma vida útil limitada, então, com o tempo, será necessário substituir seu disco. No entanto, há algumas coisas que podem ser feitas para prolongar seu bom funcionamento. A seguir, algumas dicas para cuidar do seu disco rígido e garantir seu funcionamento ideal por mais tempo.

Limpeza

É importante que poeira e migalhas não se acumulem dentro do dispositivo. Isso pode afetar significativamente o bom funcionamento do disco a longo prazo. Não hesite em consultar um profissional sobre a limpeza do seu disco rígido, pois isso deve ser feito com muito cuidado.

Identificar o estado do disco

No que diz respeito ao funcionamento do software, uma maneira de evitar problemas é saber identificar o estado do disco. Ou seja, ler a informação do disco para reconhecer possíveis falhas. Geralmente, vários discos rígidos têm tecnologia que serve para fazer uma avaliação constante de seu funcionamento. Caso o disco não consiga resolver sozinho o problema potencial, isso será comunicado ao usuário para que ele lide com a situação.

Se preferir ir um passo além, você pode instalar programas de "diagnóstico" do estado do seu disco rígido. Entre eles: HDD Health, HDD Scan e Hard Disk Sentinel.

O que é salvo e onde

Assim como fazemos com nossas posses e as diferentes gavetas e caixas em nossas casas, é importante pensar no que será armazenado e onde. Não é o mesmo armazenar arquivos de jogos do que fotos. Também não é igual guardar coisas em um disco rígido externo ou em alguma nuvem digital.

Para evitar perder os dados mais importantes, recomendamos que você os armazene em um disco externo bem protegido, ou seja, que não esteja exposto aos elementos ou a possíveis impactos. Além disso, sempre é recomendável ter cópias de segurança que permitam recuperar dados caso o disco rígido principal esteja irreversivelmente danificado.

Baixe um antivírus

Às vezes, a perda de dados pode ser causada por um vírus que entrou sem que quiséssemos no dispositivo. Para prevenir qualquer ataque de um vírus ao software do seu dispositivo, baixe o antivírus no qual você mais confia.

Hoje, mais do que nunca, temos nossas vidas, trabalhos e memórias armazenados em tablets, notebooks e PCs. É importante que saibamos como identificar e resolver problemas de recuperação de dados.

Como sempre, recomendamos manter cópias de todos os seus arquivos para que qualquer dano potencial seja o menos inconveniente possível. Esperamos que este artigo tenha sido útil e que você possa recuperar seus dados com sucesso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *